Por que VocÍ?...


VocÍ que veio do nada, 
De encontro ao mundo...
VocÍ perdido, molhado, cansado...
VocÍ que surgiu do mar, 
Para me encontrar e me amar.
VocÍ que penetrou nas nuvens...
Sorrindo, feliz...
VocÍ amargurado querendo morrer.
VocÍ que abriu ideais em meu caminho,
VocÍ que se foi e me deixou sozinha...
Por que?...
Por que vocÍ?...
VocÍ que eu amava, e que me amava.
VocÍ foi tudo... e foi nada...
VocÍ que foi vida... e foi morte...
VocÍ que partiu,
Sem ao menos dizer adeus...
Por que?...
Por que vocÍ?...


Autora: Simone Borba Pinheiro 
Data: 19/08/77