Piratas do Amor


Chegam de mansinho, 
sem aviso prévio
e tomam de assalto 
nossos corações.


Içam suas velas,
erguem suas bandeiras,
demarcando o território
do navio do amor.


Ladrões de corações
sensuais e misteriosos,
sorvem o doce néctar dos deuses
quase que de um gole só
e inebriados, cantam alegremente,
canções de amor para conquistar.


E quando conquistam partem
rumo ao novo porto,
acenando ao longe
lenços coloridos de saudade.


São piratas do amor, aventureiros
buscando emoções.
Emoções, nada mais!



Autoria: Simone Borba Pinheiro
Data:25/ 05/ 04