O Anjo Poeta



Dentro de mim mora um anjo 
que em sussurros, dita as palavras
que escrevo no papel.
Minha caneta dispara alucinada,
enlouquecendo meus pensamentos,
que acelerados, por vezes, se confundem
com a realidade correndo lá fora.


Dentro de mim mora um anjo
que traduz em palavras,
todos os sentimentos de uma vida,
libertando assim, o meu eu.


Dentro de mim mora um anjo
que me faz poeta, com a missão 
de aquecer seu coração
com minhas palavras.
O poeta, é assim: um pouco insano!
Descreve coisas as quais nunca viveu,
com os sentimentos de quem presenciou.
É uma doce mistura do real e do irreal.



Autoria: Simone Borba Pinheiro
Data:19 / 06 / 03