O Anjo da Misericórdia


Quando em teus olhos
de repente, se fizer noite,
e a insuportável dor 
da grave doença
que te consome lentamente,
por encanto, cessar...
Essa é a tua hora!


Segura nas mãos 
do Anjo da Misericórdia
e vai cavalgando, sem medo,
nas asas do vento,
sentindo a leveza
de tua alma iluminada,
agora liberta
das dores do mundo.
Ouve as trombetas dos anjos,
anunciando tua chegada,
e o Pai, ao fundo,
de braços abertos, à esperar por ti.


Vai em paz!...



Autoria: Simone Borba Pinheiro
Data:03/09/03