Minha Linda Menina



As vezes sinto no peito
algo que não sei descrever e,
fico meio sem jeito e,
tento logo esconder.


Mas, quando os olhares se cruzam
não consigo disfarçar.
Bem sei, linda menina,
que para sempre vou te amar.


O tempo, meu bom amigo,
lentamente vai passar,
mas nesse caso, inimigo,
pois vou ter que esperar.


Agora sou um menino
e não posso namorar,
mas quando crescer, eu juro:
- Quero contigo casar!...




Autora: Simone Borba Pinheiro
Data: 06/11/2002