Inimigo Meu


Pensamentos desencontrados
encontram-se com o meu eu,
declarando com todas as letras
uma infindável guerra interna.


Coração no centro batendo acelerado,
às vezes parecendo parado
sem saber ao certo como reagir
perante tantos desencontros.


Desencontro de ideias, de emoções,
sensações perdidas no tempo,
no vento, no espaço...
O cérebro já não raciocina mais,
lateja, dói e explode
em mil fragmentos,
vidrilhos coloridos de saudade
do que um dia poderia ter sido, talvez,
a vida de alguém que sonhou
com o amor simplesmente.


E, percebendo tanto desencanto 
nesses desencontros agonizantes,
descobri que esta mente desordenada
que controla todo o meu ser,
é no fim de tudo,
o inimigo meu!!!



Autora: Simone Borba Pinheiro
Data: 09/ 02/ 03