Evolução

Simone Borba Pinheiro

Na estrada da vida, aprender é preciso, e o aprendizado nem sempre é fácil.
No seio da família, aprendemos todas as lições que precisamos para evoluir.
Uns aprendem pelo amor, outros pela dor, mas todos, sem exceção, aprendem alguma coisa.
O difícil aprendizado da vida, dá-se aqui e agora, somos seres em constante evolução.
Ás vezes, é difícil saber se estamos no caminho certo, se estamos agindo com amor

ou sendo guiados pela dor, mas o coração, dita as suas regras.
Uns aprendem as lições mais facilmente, outros com dificuldade.
A vida é uma caixinha de surpresas, nem sempre tão boas como gostaríamos, mas é preciso

seguir em frente, dançar conforme a música toca, sentir os pés flutuarem,

a brisa acariciar o rosto, os cabelos balançarem ao vento, que sopra suave,

entoando sua canção.
Há os que acham que o vento uiva, geme, e há também os que ouvem os sons poéticos do vento.
Alguns gostariam de ser ricos, alcançar a fama, conhecer o mundo, enquanto outros,

querem apenas ser feliz e sabem que a felicidade tem muitos caminhos e é pura ilusão,

é passageira, feita de momentos e nada tem a ver com dinheiro ou fama, mas assim

é o livre arbítrio das pessoas, cada um tem suas ideias formadas do que é ser feliz,

e todos buscam alcançá-la de forma a se sentirem plenos.
A paz interior de cada um, tem tudo a ver com ser feliz.
Quem está em paz, vê a presença do Criador em tudo a sua volta, e não tem tempo

para os sentimentos pequenos da terra, como mesquinhez, ódio e inveja, próprios do ser humano

que ainda tem uma longa jornada pela frente, mas quem busca a paz, vai aos poucos

eliminando pelo caminho, esses sentimentos tão pequenos.
A perfeição não existe, mas estamos sempre em busca da luz, da evolução,

porque bons sentimentos alimentados no coração, nos trazem paz, nos tornam

seres humanos melhores e nos aproximam de Deus.
Na estrada da vida, nem sempre estamos certos, e jamais devemos nos recusar a aprender,

a tentar perdoar, quem perdoa é quem mais recebe os benefícios do perdão.
Assim é a vida, estamos sempre evoluindo, a diferença nessa trajetória,

é que uns apreciam o amarelo e outros o azul.


Construa você o seu caminho, seja feliz, e fique em paz, viajante do tempo!

10 / 03 / 2015