Entre o Sim e o Não

O que sinto dentro do peito
é algo que só eu sei
quero este amor de um jeito
e não tem jeito, me aprisionei!

Bem sei que não posso tê-lo
pois não é meu, é de outro alguém
mas, tudo farei para não perdê-lo
com discrição, sem ferir ninguém.

Amar assim é um tormento 
dentro do peito a gritar
lamentos de um momento

Entre o sim e o não eu me vejo
mas não sinto nenhum desejo
de ver esse amor acabar.

Autoria: Simone Borba Pinheiro
Data: 03/11/04

 

**Tube de fundo By Maryse**