Caminhos Desfeitos



Do mesmo jeito que você chegou
vai me deixar,
com o coração em disparada,
desta vez, de dor.
Foram tantos anos de amor,
alegrias, sonhos, planos, e agora 
você vem e diz que não me quer.


Em qual curva do caminho
nosso amor se perdeu?
Em que momento desta vida
deixamos de ser você e eu?
Você vive repetindo que
tenho que aprender a ser só,
que não nasci colada em você, mas
você não me ensinou a te esquecer.


Estou morrendo lentamente,
não quero ver você partir, mas 
se não pode ser meu somente,
então é melhor você ir.
A partir de agora, seguiremos
cada qual o seu caminho, pois
nossos caminhos juntos,
não sei por que, foram desfeitos!


Vá amor, e não olhe para trás.
Meus olhos agora são rios de lágrimas
derramadas por você
que não volta mais!

 


Autoria: Simone Borba Pinheiro
Data: 21/ 05/ 04