Nada quero... 

Porque falar de amor, se sinto ódio 
Porque ser feliz, se me sinto triste 
Porque esperar, se tenho pressa 

Nada quero em paixão ou amor 
Nada quero em alegrias e risos 
Nada quero depois ou mais tarde 

Se não tenho razão, não importa 
Se não me ouvem, não gritarei 
Se não me vêem, qual a diferença? 

Sigo na vida sem rumo e sem parada 
Para que parar se não espero ninguém 
Melhor seguir, fugindo e calando 

Jacira Cardoso