Sinto Falta

Sinto falta do beijo molhado
do abraço aconchegante,
do olhar disfarçado,
do seu livro na estante.

Sinto falta das palavras gentis,
das suas mãos percorrendo meu corpo,
das noites selvagens e febris,
em que você me amou apaixonadamente!

Sinto falta do café na cama,
da sua voz no meu ouvido,
do jeito que você me envolvia,
confundindo e pondo em alerta
todos os meus sentidos.

Sinto falta dos dias em que dançamos,
suas mãos nos meus quadris, guiando-me
no compasso do sensual mambo,
fazendo-me extremamente feliz.

São muitas as coisas das quais sinto falta...
E mesmo que eu tentasse explicar,
não irias entender...
Mas o que mais me faz sofrer,
é a falta de você!
 


Autoria: Andréa Borba Pinheiro