Mexe Comigo!

Sabe que, mesmo depois desse tempo todo, você ainda permanece no meu coração, e conversar como amigos é quase
impossível pois, sua boca insiste em atrair a minha e me faz chorar por dentro, á cada movimento sensual dos teus
lábios, a cada palavra pronunciada...
Você sabe que não é justo... você sabe que não está certo...
E também, não é sua culpa mas, você me seduz, mesmo agindo naturalmente, você tem alguma coisa que me prende ao teu
corpo e á tua alma, e eu simplesmente, não consigo escapar...
Acho que você nunca entendeu o motivo de minha partida mas, ao menos deve ter percebido, que foi melhor assim.
Eu e você, já temos pessoas ao nosso lado...
O dia está um tanto frio e o calor do meu "novo alguém", não satisfaz como teu calor satisfazia.
Você é como uma droga, quanto mais se prova, mais viciado fica, as doses tem que ser maiores, e nada substitui seu
efeito acalentador e ao mesmo tempo luxuriosamente devastador...
Tenho medo de que a pessoa que está ao teu lado, não corresponda às tuas expectativas, que ela te machuque, como eu
te machuquei...
Não me arrependo de nada que fiz, se feri, foi para proteger teu coração.
Só queria dizer essas palavras, para que saibas que me preocupo com você, ainda mais agora, que estás tentando tirar
os pontos de teu coração ferido...e se ainda não cicatrizou e abre de novo?!
Só queria dizer essas palavras, assim meio que em vão, porque eu amo tudo na tua alma, no teu corpo, nos teus olhos,
nos teus beijos...
Enfim...você mexe comigo!
 


Autoria: Andréa Borba Pinheiro