Gostaria

Eu gostaria de poder fazer tudo que gosto...
Fazer-me possível perante o impossível...
Eu gostaria de não ter te conhecido...
Eu gostaria de não ter, ao meu coração, dado ouvidos.

Eu gostaria de ficar com você para sempre,
Eu gostaria de nunca chorar,
E tentaria sempre, todos os dias, incansavelmente,
Convencer-te a me perdoar.

Eu gostaria de ser mais pretensiosa...
Mais esnobe, quando necessário...
Gostaria de ser mais maliciosa...
E de tanto te dar amor, fazer-te milionário.

Eu gostaria de voltar atrás...
Gostaria de acertar meus erros...
Gostaria de não sentir remorso...
Gostaria de ter ouvido todos os conselhos.

Gostaria de estar aí com você!
Será que isso é pedir demais?...
Gostaria de proteger-te de tudo...
Gostaria de não te perder jamais.

Gostaria de ser digna do seu amor.
Gostaria de poder ser a primeira a te beijar.
Gostaria de te dar o meu calor...
Gostaria de teu rosto tocar.

Gostaria, enfim, de que nossa vida fosse perfeita...
Ou que, pelo menos... eu pudesse te adorar do jeito certo...
Mantendo-te perto...

Gostaria de estar no seu coração e na sua mente,
E claro... gostaria de você ser meu novamente.


Autoria: Andréa Borba Pinheiro