Fique Longe


E agora, a espada enferruja-se no meu peito,
rasgando o meu sentimento,
derramando tua indiferença,
rasgando meu pranto, sentindo o momento.

É estranho mas, não sinto dor...
Talvez você já tenha me acostumado à ela.
Talvez eu seja assim mesmo, insensível...
Não vou gritar, me chamaria de histérica...

Mas, na verdade, não me importo,
sei que sou muito mais do que podes suportar.
Tens inveja do meu amor, do meu carinho,
por isso, te escondes no teu canto e fica quietinho!

Continuo sem entender-te, és muito complicado...
Não me arrisco mais em amar-te...
Fique longe, não se aproxime mais!
Não espere amor de mim, agora já é impossível desejar-te!...

 


Autoria: Andréa Borba Pinheiro