Ansiedade

 


Sinto a sua falta,
aqui, presente,
me fazendo carinho, do meu lado...
Dói saber que você está ausente...


Quero te conhecer!!
Bem que o tempo poderia passar,
para eu logo te ver,
para logo te encontrar.


A ansiedade corrói o meu peito
de tanta saudade...doce loucura...
Eu te amo, vem...chegue mais perto,
quero provar da sua suave ternura.


E, mesmo em desavenças,
continuamos a nos amar,
pois, apesar das diferenças,
eu e você, acabamos de nos apaixonar!...



Autoria: Andréa Borba Pinheiro