Agindo Com o Coração 


Perdi minha cabeça,
cansei de dizer não,
cansei de sempre agir
motivada pela razão. 

Deixei meu sentimento falar
e, ele pulou de alegria ao perceber,
que eu deixei-o se expressar.
Fui de encontro à você. 
Lá, triste e arrependido,
seu corpo jazia caído ao chão,
parecia sem vida, sem amor,
sem nenhuma emoção. 

Mas, ao enxergar-me,
algo diferente aconteceu:
levantaste do chão sujo
e, te encheste de vigor ao encontrar os olhos meus. 

Confesso que, por dentro, vibrei ao ter de volta teus lábios
e, não faço questão de negar que,
te amei ontem, te amo hoje
e, sinceramente, acho que sempre vou te amar! 



Andréa Borba Pinheiro